Semana decisiva para Sergio Moro - 19/08/2019

A interferência do presidente, nos casos da Receita Federal e na Policia Federal, é parte de um processo de fritura do ministro Sérgio Moro. Tradicionalmente os presidentes dão autonomia aos seus ministros para o preenchimento destas vagas, apenas sancionando os nomes indicados. Não é o caso. Bastou que a Receita e Policia Federal investigassem seu filho, para desagradar Bolsonaro. Para o presdiente, sua familia está acima de tudo e acima de todos.
Se permanecer no governo, aceitando estas interferências, Sergio Moro perderá seu prestígio. Se sair do governo, Bolsonaro sentirá na pele que o lavajatismo e o ministro tem mais popularidade que a dele.

Assina o canal, dá um like no vídeo. Comenta, critica, sugere pauta.

Em breve alguns programas e entrevistas.

Agradeço aos apoiadores:

Softsul - 51 3346-4422

Associação Sul-Riograndense de Apoio ao Desenvolvimento de Software, visa ao desenvolvimento sócio-econômico e ao aumento da competitividade das empresas do setor produtivo de Tecnologia da Informação e da Comunicação

BBC Informática - 51 3212-1231

Instalação e configuração de redes, roteadores, computadores e notebooks

SAGESC - Sistema de Administração e Gestão de uma Empresa Simples de Crédito - 51 98405-6969

CIUPOA - Centro de Inteligência Urbana de Porto Alegre - 51 99373-9158

Para anunciar, entre em contato pelo email ou Whats: belbute@gmail.com | +55 51 992 900 914