Uma dose de utopia - por Hellena Costalunga


Só uma reflexão, ingênua, utópica, sobre política:
E se os partidos políticos, deixassem de ser partidos, no sentido concreto da palavra, e passassem a ser inteiros? 
E se todos os candidatos à presidência, se unissem com suas propostas, naquilo que confluíssem, ao invés de estarem partidos, repartidos?
Se cada candidato pensasse, verdadeiramente, no país, no povo (infelizmente inculto na sua maioria), não seria muito melhor, lindo e patriótico, não ficarem partidos, mas unidos pelo país?
O Brasil 🇧🇷 daria um salto quântico na escala mundial. 
Mas hoje é domingo, estou bebendo um copo de utopia e tão cansada e triste de ver que ninguém se entende entre o #elesim e o #elenão que se esquecem de que não é com desunião, com partidos, e com supostos salvadores (de esquerda e de direita) que se conseguirá encontrar o meio. O meio significa, resumidamente, o encontro dos caminhos partidos, divididos (esquerda e direita), que nem sempre serão os melhores e mais curtos. 
Estamos, quase todos, com armas nas mãos, sem precisarmos que nos instiguem, já somos e estamos bélicos divididos e partidos. 
Não precisamos de alguém que dite ordens de matar, porque já estamos morrendo, ou já estamos mortos de tanto matarmos nossa essência, que inicialmente, deveria ser de luz e paz.
Estamos surfando numa onda imensa, dropar essa onda não será fácil; mergulhar nesse oceano é quase como ir ao encontro do tsunami, onde nos deixará mais partidos ainda.
Política deveria ser uma ciência de lideranças brancas. Cada um de nós tem um líder, (somos líderes natos, a serem despertos), convictos de seus ideais e saber respeitar o outro líder deveria ser o caminho do meio. O meio é neutro, é claro, é brando. 
O povo está se agarrando aos extremos, (direita e esquerda) em bala e facas ou fome e ditaduras extremas! Estamos tão carentes e fracos que qualquer messias parece ser a única opção. O que nos salvará? A educação; cultura e o conhecimento, nada mais que isso, só assim conseguiremos pensar além do mínimo partido . 
Bueno, vou beber mais um pouco de utopia!