Mais do mesmo

Vejam bem: quem já tem o pensamento cristalizado pela ideologia, não mudará de opinião e sequer refletirá sobre qualquer argumento apresentado.

Então vamos lá mais uma vez:
- Não se trata apenas do desrespeito a uma determinada religião;
- Não se trata de conceitos ou preconceitos;
- Não se tratam de escolhas, opções;
- Não se trata de liberdade de expressão;
- Não se trata de direito ou direitos a isto ou aquilo.

Trata-se de AGENDA, DOUTRINAÇÃO e GUERRA CULTURAL.

Infelizmente as pessoas não tem conhecimento, não buscam conhecimento e quando tem acesso, logo veem nos fatos e dados apresentados como "teoria da conspiração". Muitos dizem: "ah, é uma meia dúzia que estraga a festa dos outros". Minimizando o impacto dos acontecimentos. Estes já estão doutrinados também.

A AGENDA está em plena implantação. Basta olhar para os lados.

A DOUTRINAÇÃO segue a pleno, sem qualquer retrocesso, há mais de 30 anos consecutivos, em todos...TODOS...os meios sociais e por todos...TODOS...os meios sociais.

E a GUERRA CULTURAL está sendo vencida pela esquerda, pelo Foro de São Paulo, pela Escola de Frankfurt.

Vamos lembrar novamente os objetivos da Escola de Frankfurt:
- Destruir a moral judaico/cristã;
- Destruir o direito romano;
- Destruir a filosofia grega;
E assim, destruir os alicerces da civilização ocidental.

Portanto, o problema é muito mais profundo, muito mais complexo, além das cenas de mau gosto e desafiadoras, chocando uma parte da sociedade.

E tudo encoberto pelo manto da democracia, das liberdades civis, policiando as opiniões contrárias e assim executando a "espiral do silêncio", até que todos os críticos se calem.

Será muito difícil ganhar esta GUERRA CULTURAL com ética e moral, contra um inimigo sem qualquer escrúpulo.

O paradigma a ser quebrado, cujas discussões já estão na pauta e na AGENDA, iniciando a DOUTRINAÇÃO: incesto e pedofilia.

Não, caros, os temas não estão dissociados. Fazem parte da estratégia.