Grupo Anti-Dilma faz sucesso no Facebook

Grupo criado no último dia 20 de fevereiro já ultrapassa os 4.300 membros, numa média de 1 adesão por minuto. E vem crescendo.

Com o sugestivo título de “Eu não quero Dilma presidente do Brasil”, o grupo deseja discutir alternativas e já propõe a realização de flash-talk com outros políticos, para falarem sobre o tema.

O movimento deixa claro seu objetivo em sua descrição, dizendo que “Reúne todas as pessoas amantes da LIBERDADE que não desejam ver a mocreia do molusco como presidente do Brasil. Dilma é uma pessoa autoritária que defende posições claramente totalitárias contidas no plano Bolivarista para a America Latina.”, e numa frase de Hannah Arendt, postada na capa: “Nenhuma causa nos resta, alem daquela mais antiga de todas, na verdade, que desde inicio da nossa historia determinou o surgimento da Política, a causa da Liberdade contra a tirania.”

No blog do Grupo estão disponíveis vídeos, músicas, links para vídeos no YouTube, charges e farto material postado em outros blogs pessoais.

Lendo as postagens dos membros, percebe-se que a maioria não esqueceu nada: mensalão, aliança com Sarney, Collor, Renan Calheiros, entre outros. Estão atualizados com o noticiário, com forte senso crítico.

Quem pensava que os Facebookers eram apenas uma turma de fanáticos por FarmVille, literalmente quebrou a cara.

Seria muito bom que nossos pré-candidatos, de todos os níveis, pudessem ler as postagens, antes de tomarem suas decisões sobre alianças. Poderão se surpreender com os resultados mais adiante.

Claro que este é o primeiro Grupo e certamente o contra ataque virá. Resta saber se civilizadamente com outro Grupo pró-Dilma ou se tentarão censurar o Facebook no Brasil. Como já tentaram com o Google. Tarefa difícil, visto que a sede não é aqui.

Enfim, vive la démocratie, vive la liberte, vive la internet.