Mais uma bola nas costas de Sérgio Moro - 23/01/2020

Mais uma vez o presidene desprestigia seu ministro, agora com a idéia de fatias o ministério da justiça e recriar o ministério da segurança pública, retirando de Sérgio Moro esta pasta tão importante.
Sérgio Moro é um dos ministros mais pró-ativos do governo, apresentando resultados positivos de seu trabalho. A que dos índices de criminalidade estão ai a demonstrar sua capacidade e foco nas ações necessárias. Bolsonaro já havia demonstrado seu desprestigio ao ministro em diversas outras ocasiões, a penúltima foi sancionar a criação do juiz de garantias, indicado por Moro para veto. 
De super ministro, como foi chamado no início do governo, agora Moro é tratado como um assessor secundário. Até quando Moro aguentará? Acredito que Sérgio Moro saia do governo até o final de 2020.
Também não entendi porque a opinião de Rodrigo Maia é tão importante para Bolsonaro. Ele é presidente da Câmara dos Deputados e não membro do governo.
Assina o canal, dá um like no vídeo. Comenta, critica, sugere pauta: SBelbute

Agradeço aos apoiadores:

Softsul - 51 3346-4422 - Associação Sul-Riograndense de Apoio ao Desenvolvimento de Software

BBC Informática - 51 3212-1231 - Instalação e configuração de redes, roteadores, computadores e notebooks

SAGESC - Sistema de Administração e Gestão de uma Empresa Simples de Crédito - 51 98405-6969

Psicóloga Clínica Cris Cordal - 51 996 49 9494

CIUPOA - Centro de Inteligência Urbana de Porto Alegre - 51 99373-9158

Para anunciar, entre em contato pelo email ou Whats: belbute@gmail.com | +55 51 992 400 914

Entidades religiosas promovem atos pelo Estado laico - 21/01/2020

Neste dia 21 de janeiro, 11 representações religiosas promovem manifestações pelo Estado laico. São católicos, evangélicos, umbandistas, muçulmanos, kardecistas unidos pelo respeito as crenças individuais e contra a intolerância religiosa. 
Nos últimos 10 anos cresceu muito atos de intolerância religiosa, com invasão de igrejas e depredação de imagens sacras, pichação de templos evangélicos, incêndios em terreiros de umbanda e candomblé.
Professar um fé é um ato do indivíduo e o Estado não tem o direito de impor sua visão sobre estas crenças. Infelizmente, temos um governo que tenta a todo custo impor suas crenças, colocando-as como sendo padrão da família brasileira. O próprio presidente se intitula "cristão e terrivelmente evangélico", tendo já atribuído como pré-requisito a alguns de seus nomeados, o fato se serem "terrivelmente evangélicos".
Tais manifestações são próprias do individuo e deve haver respeito sobre tais escolhas. A história está recheada de exemplos negativos quando religião e Estado se misturaram. Um dos exemplos é o Irá, um Estado teocrático, onde a Lei Islâmica está acima da constituição do país. Algo como a bíblia dos católicos estar acima da nossa constituição nacional.
De novo: não cabe ao Estado impor crenças religiosas aos seus cidadãos. Todo cidadão é livre para acreditar no que desejar ou não acreditar em nada.
Assina o canal, dá um like no vídeo. Comenta, critica, sugere pauta: SBelbute

Agradeço aos apoiadores:

Softsul - 51 3346-4422 - Associação Sul-Riograndense de Apoio ao Desenvolvimento de Software

BBC Informática - 51 3212-1231 - Instalação e configuração de redes, roteadores, computadores e notebooks

SAGESC - Sistema de Administração e Gestão de uma Empresa Simples de Crédito - 51 98405-6969

Psicóloga Clínica Cris Cordal - 51 996 49 9494

CIUPOA - Centro de Inteligência Urbana de Porto Alegre - 51 99373-9158

Para anunciar, entre em contato pelo email ou Whats: belbute@gmail.com | +55 51 992 400 914

A sociedade está contaminada com o vírus do nazismo - 20/01/2020

Um experimento sociológico, realizado pelo professor de história da Escola Secundária Cubberley, de Palo Alto, Califórnia, Ron Jones, em 1967, mostrou o quão frágil é uma sociedade e o quanto é possível se deixar levar por discursos políticos, tornando os indivíduos fanáticos e cegos.
Ron efetuou o experimento quando percebeu que seus alunos não acreditavam como uma nação como a Alemanha pode se curvar aos desmandos de Hitler. Utilizando táticas de rigorosa disciplina, postura ao sentar, palavras de ordem em tom forte e resoluto, começou a modelar os alunos e em apenas uma semana suas aulas tornaram-se disputadas, líderes entre os alunos confeccionaram uma marca e uniformes e passaram a agir com agressividade com aqueles que ainda não haviam se "curvado à verdade".
O professor marcou um encontro com os alunos, no salão da escola, com a desculpa que assistiriam a uma transmissão pela TV com um candidato à presidência, com as mesmas propostas do grupo. Quando o salão encheu, o professor desmontou a farsa, explicando o que havia promovido, demonstrando assim, como todo um povo pode seguir um louco.
O experimento virou filme, primeira versão americana em 1981 e a segunda, com produção alemã, em 2008.
O nazismo, assim como o comunismo, não morreu. Está inoculado na sociedade mundial como um vírus, a espera de um "gatilho" para se tornar ativo. Se duvida, veja as posições - seja da esquerda, seja da direita - nas redes sociais no Brasil. A polarização que vivemos é a mesma de 1930, quando o movimento nazista se fortalece na Alemanha e promove a ascensão de Adolf Hitler. 
Assina o canal, dá um like no vídeo. Comenta, critica, sugere pauta: SBelbute

Agradeço aos apoiadores:

Softsul - 51 3346-4422 - Associação Sul-Riograndense de Apoio ao Desenvolvimento de Software

BBC Informática - 51 3212-1231 - Instalação e configuração de redes, roteadores, computadores e notebooks

SAGESC - Sistema de Administração e Gestão de uma Empresa Simples de Crédito - 51 98405-6969

Psicóloga Clínica Cris Cordal - 51 996 49 9494

CIUPOA - Centro de Inteligência Urbana de Porto Alegre - 51 99373-9158

Para anunciar, entre em contato pelo email ou Whats: belbute@gmail.com | +55 51 992 400 914

Bolsonaro demite o "Goebbels" de seu governo - 17/01/2020

Não acredito em coincidências, muito menos em "contexto retórico". O senhor Alvim - talvez use este nome em referência a Alvim e os esquilos, tamanhas trapalhadas que promoveu em seu periodo no cargo, como secretário de cultura - citou Goebbels, num cenário pronto, com imagem do presidente ao fundo, cruz sobre a mesa, bandeira do Brasil ao lado e o som fundo um das obras favoritas de Adolf Hitler.
É inaceitável utilizar citações nazista por um membro de um governo que se pretende democrático. Assim como é inaceitável a citação de comunistas. Lembro que, assim como os nazistas assassinaram mais de 15 milhões de pessoas - sim, 6 milhões de judeus, mas também negros, ciganos, gays - os comunistas - Stalin, Mao, Fidel - assassinaram mais de 100 milhões.
Agiu corretamente o presidente em demitir seu secretário de cultura. Agiu rapidamente, como deveria ser em qualquer situação.
A cultura forma o cidadão. Toda cultura é uma forma de expressão livre da sociedade. Podemos gostar ou não de uma música, de uma obra de arte, de uma peça de teatro e de outras manifestações. Mas são estas manifestações que formam o povo. Então, se o senhor Alvim usa Goebbels, num cenário pronto, apenas manifesta a sua formação cultural.
Assina o canal, dá um like no vídeo. Comenta, critica, sugere pauta: SBelbute

Agradeço aos apoiadores:

Softsul - 51 3346-4422 - Associação Sul-Riograndense de Apoio ao Desenvolvimento de Software

BBC Informática - 51 3212-1231 - Instalação e configuração de redes, roteadores, computadores e notebooks

SAGESC - Sistema de Administração e Gestão de uma Empresa Simples de Crédito - 51 98405-6969

Psicóloga Clínica Cris Cordal - 51 996 49 9494

CIUPOA - Centro de Inteligência Urbana de Porto Alegre - 51 99373-9158

Para anunciar, entre em contato pelo email ou Whats: belbute@gmail.com | +55 51 992 400 914

Ou reforma o Estado ou o Estado acada - 16/01/2020

Em especial no Rio Grande do Sul, ao longo dos anos, todos os governos embutiram diversos penduricalhos e benesses aos servidores e geriu muito mal os recursos. O estado tem apenas uma fonte de arrecadação: impostos, que todos nós pagamos. E sempre fomos complacentes com os desmandos. A conta já se apresentou e o governador tenta reverter o quadro, com as propostas de reformas enviadas à Assembléia. Sofre e sofrerá muita pressão das corporações, que não querem perder seus privilégios. Normal, é o "jus esperniandi".
Mas as questões devem ser enfrentadas e sem paixões. Os sucessivos atrasos nos salários são apenas um dos sintomas da falência do estado. Se nada for feito, muitos mais prejuízos virão, não apenas ao funcionalismo, mas para todos.
A ineficiência e má gestão é tanta, que hoje a CEEE não consegue pagar ao estado o ICMS que nos extorque nas contas de energia.
De tudo que o estado arrecada, apenas 3% - TRÊS POR CENTO - sobram para investimentos. Mais de 70% da arrecadação é usada para pagamentos de salários e aposentadorias.
Mas infelizmente o sacrifício que o governador pede só se aplica ao poder executivo, pois judiciário e legislativo não estão nem ai para a crise e seguem com seus privilégios, como se não houvesse amanhã.
Fosse uma empresa privada, já teria falido, quebrado, seus bens penhorados para pagamentos dos credores.
Então, ou reforma o estado ou o estado acaba. No título usei o "estado" com "e" maiúsculo, para representar e necessidade de reformas profundas em todo sistema: federal, estaduais e municipais.
Assina o canal, dá um like no vídeo. Comenta, critica, sugere pauta: SBelbute

Agradeço aos apoiadores:

Softsul - 51 3346-4422 - Associação Sul-Riograndense de Apoio ao Desenvolvimento de Software

BBC Informática - 51 3212-1231 - Instalação e configuração de redes, roteadores, computadores e notebooks

SAGESC - Sistema de Administração e Gestão de uma Empresa Simples de Crédito - 51 98405-6969

Psicóloga Clínica Cris Cordal - 51 996 49 9494

CIUPOA - Centro de Inteligência Urbana de Porto Alegre - 51 99373-9158

Para anunciar, entre em contato pelo email ou Whats: belbute@gmail.com | +55 51 992 400 914

Vamos plantar papoula em casa? - 15/01/2020

Esta história toda de liberação das drogas, liberação da maconha, com a desculpa para tratamentos de saúde é só balela, que esconde por trás objetivos obscuros.
São centenas e centenas de pesquisas, milhares de psiquiatras e psicólogos, médicos, apontando que o uso da maconha é prejudicial ao cérebro, principalmente na adolescência. Para tratamento de problemas de saúde, não é preciso plantar maconha em casa, mas sim utilizar seu princípio ativo, o THC.
Ora, pela argumento simplista, não seria o caso de também permitir a plantação de papoulas em casa, dela extrair o ópio e dali utilizar a morfina? Quem visita Machu Picchu, recebe a recomendação de mascar folhas de coca para aliviar os efeitos da altitude. Então vamos plantar coca em casa?
Assumir bandeiras ditas "libertárias", apenas por serem defendidas por determinadas correntes ideológicas, sem avaliar todos os riscos que envolvem o ser humano, é um risco desnecessário. E o argumento de que a liberação diminuiria a ação do tráfico de drogas é bobagem. Levantamentos mostram que no Uruguai e na Califórnia, consumidores seguem comprando de traficantes e não nas "farmácias" oficiais.
Assina o canal, dá um like no vídeo. Comenta, critica, sugere pauta: SBelbute

Agradeço aos apoiadores:

Softsul - 51 3346-4422 - Associação Sul-Riograndense de Apoio ao Desenvolvimento de Software

BBC Informática - 51 3212-1231 - Instalação e configuração de redes, roteadores, computadores e notebooks

SAGESC - Sistema de Administração e Gestão de uma Empresa Simples de Crédito - 51 98405-6969

Psicóloga Clínica Cris Cordal - 51 996 49 9494

CIUPOA - Centro de Inteligência Urbana de Porto Alegre - 51 99373-9158

Para anunciar, entre em contato pelo email ou Whats: belbute@gmail.com | +55 51 992 400 914

Começando 2020 com a corda toda - 13/01/2020

Gostaria muito de começar o ano abordando outros temas, mas nosso presidente é uma avalanche de conteúdos contraditórios e sou obrigado a abordar suas peripécias nos últimos 20 dias.
O Brasil sempre teve um histórico, em suas relações internacionais, de não alinhamento automático com quaisquer nações ou matizes ideológicos. Exceção dos anos de governo do PT. Mas sempre defendemos a autodeterminação dos povos e o respeito a sua soberania, sem apoios explícitos a ações pontuais. Pois Bolsonaro, ao se alinhar unilateralmente a Trump, dá mais um tiro no pé. Nada temos a ver com a briga EUA-Irã e deveríamos nos manter numa posição de neutralidade, até mesmo para nos colocarmos como possíveis mediadores. Porém, ao tomar partido de um lado, levamos ferro do outro.
No caso do "fundão eleitoral", é muito papo furado para enganar trouxas. Se de fato o presidente é contrário ao fundo, deveria usar a sua prerrogativa para vetá-lo, ao invés de buscar desculpas para sancioná-lo. Ao mesmo tempo que prega o voto em candidatos que não utilizarem o "fundão", seu novo partido coloca nos estatutos - como fonte de arrecadação de recursos - a utilização do tal fundo.
Por fim, mais uma bola nas costas de Sérgio Moro - que vem sofrendo reveses dentro do próprio governo - quando Bolsonaro não veta a excrescência jurídica do "juiz de garantias". A simples criação de tal instituto, coloca em xeque as demais instâncias, levantando suspeitas sobre os juizados de primeira e segunda instâncias.
Nada mais faz o presidente que atuar em causa própria, sancionando um artigo que protegerá seus filhos.
Assina o canal, dá um like no vídeo. Comenta, critica, sugere pauta: SBelbute

Agradeço aos apoiadores:

Softsul - 51 3346-4422 - Associação Sul-Riograndense de Apoio ao Desenvolvimento de Software

BBC Informática - 51 3212-1231 - Instalação e configuração de redes, roteadores, computadores e notebooks

SAGESC - Sistema de Administração e Gestão de uma Empresa Simples de Crédito - 51 98405-6969

Psicóloga Clínica Cris Cordal - 51 996 49 9494

CIUPOA - Centro de Inteligência Urbana de Porto Alegre - 51 99373-9158

Para anunciar, entre em contato pelo email ou Whats: belbute@gmail.com | +55 51 992 400 914

Balanço de 2019 - 24/12/2019

O ano se encerra com fatos positivos na economia e na segurança. Paulo Gudes e Sergio Moro disseram a que vieram, apesar de poderem ter feito mais. A reforma da previdência, mesmo desidratada pelo Congresso, é um fator positivo, que ajudará a impulsionar a economia, com redução do gasto público. Da mesma forma que as quedas da SELIC, também reduzindo os juros da dívida pública.
Por outro lado, as sucessivas quedas nos índices de popularidade e aprovação de Bolsonaro, vão na contra-mão das conquistas. E é justamente o presidente o fator de desajuste. Suas falas equivocadas, buscando sempre agradar a sua claque; sua verborragia descontrolada, a ausência de um assessor de comunicação que possa ajustar os discursos, buscando a conciliação ao invés do confronto.
Na esteira disto, ainda temos as trapalhadas, na indicação do filho para a embaixada americana - desistindo depois de perceber as dificuldades que enfrentaria - e as investigações do outro filho, envolvido nas "rachadinhas" da época em que era deputado estadual no RJ.
O primeiro ano do governo poderia ter sido melhor, se o presidente de fato descesse do palanque e passasse a governar para todos os brasileiros. 
Assina o canal, dá um like no vídeo. Comenta, critica, sugere pauta: SBelbute

Agradeço aos apoiadores:

Softsul - 51 3346-4422 - Associação Sul-Riograndense de Apoio ao Desenvolvimento de Software

BBC Informática - 51 3212-1231 - Instalação e configuração de redes, roteadores, computadores e notebooks

SAGESC - Sistema de Administração e Gestão de uma Empresa Simples de Crédito - 51 98405-6969

Psicóloga Clínica Cris Cordal - 51 996 49 9494

CIUPOA - Centro de Inteligência Urbana de Porto Alegre - 51 99373-9158

Para anunciar, entre em contato pelo email ou Whats: belbute@gmail.com | +55 51 992 400 914

O Rio Grande do Sul do atraso - 23/12/2019

Sou gaúcho e me sinto muito confortável em criticar as atitudes do povo desta terra. Somos bairristas no mau sentido, nos sentindo os certinhos, os melhores em tudo. E não conseguimos enxergar que isto ficou a muito no passado. Um dos exemplos é na área médica. Semana passada  entrevistei o médico Luciano Eifler, gastroenterologista. Adepto das novas tecnologias aplicadas a medicina, me contava que já são realizados testes em exames de pele e pulmão, com uso de inteligência artificial, cujos resultados são fascinantes: 100% de acerto, enquanto as avaliações dos exames realizados por dermatologistas ficou abaixo dos 90%. O uso de robôs, seja no atendimento aos pacientes internados, seja em cirurgias, já é prática comum fora daqui. Conversando com um casal de amigos, contaram-me que o marido tinha um tumor benigno no coração, no átrio esquerdo. E que os médicos consultados aqui recomendavam cirurgia tradicional, descartando e até mesmo criticando as cirurgias com uso de robôs. Pois não se deram por satisfeitos, foram para São Paulo e lá foi realizada a cirurgia com uso de robô. Em 24 horas já estava caminhando pelos corredores e em 30 dias voltará as atividades normais. Sem a necessidade de rasgar o peito até o umbigo, serrar o externo e abrir as costelas. Apenas três furos de mais ou menos um centímetro para entrada os aparelhos e pronto.
Temos de deixar nossa arrogância de lado, assumir com humildade que deixamos de ser referências nacionais em diversos setores e, assim, podermos olhar o todo, aprendermos, assimilarmos as novas técnicas e tecnologias e, quem sabe, no futuro, voltarmos a ser protagonistas na vida nacional. 
Assina o canal, dá um like no vídeo. Comenta, critica, sugere pauta: SBelbute

Agradeço aos apoiadores:

Softsul - 51 3346-4422 - Associação Sul-Riograndense de Apoio ao Desenvolvimento de Software

BBC Informática - 51 3212-1231 - Instalação e configuração de redes, roteadores, computadores e notebooks

SAGESC - Sistema de Administração e Gestão de uma Empresa Simples de Crédito - 51 98405-6969

Psicóloga Clínica Cris Cordal - 51 996 49 9494

CIUPOA - Centro de Inteligência Urbana de Porto Alegre - 51 99373-9158

Para anunciar, entre em contato pelo email ou Whats: belbute@gmail.com | +55 51 992 400 914

O fim dos cobradores de ônibus - 20/12/2019

Quantas profissões desapareceram nos últimos 20/30 anos? Telegrafistas, ferreiros, estafetas, datilógrafos, telefonistas, cortador de gelo, leiteiro...O progresso e os avanços tecnológicos, ao longo dos séculos, criam novas profissões, ao mesmo tempo em que extinguiram inúmeras outras. Agora é a vez dos cobradores de ônibus. Em Porto Alegre, a bilhetagem eletrônica é utilizada por cerca de 80% da população. E a tendência é chegarmos aos 100%. Sendo assim, a função do cobrador/trocador, será extinta.
O projeto da prefeitura de Porto Alegre prevê uma fase de transição, onde NENHUM cobrador será demitido, mas as vagas não serão repostas, nos casos de aposentadoria ou se o cobrador pedir demissão. As empresa ficam obrigadas a remanejar os funcionários para outras funções, incluindo o treinamento para assumirem como motoristas.
Aliás, esta é outra profissão que desaparecerá nos próximos 30 anos. Os avanços tecnológicos em veículos dotados de robôs e inteligência artificial já são uma realidade. Google é o pioneiro com seus veículos sem motoristas, mas outras empresas como Mercedes, Volvo, entre outras, já possuem protótipos de carros automatizados.
Protestar é válido, porém, não podermos agir como "ludistas" - movimento contrário ao uso de máquinas durante a revolução industrial na Inglaterra invadindo fábricas e quebrando suas máquinas. Devemos sim, ter uma visão de futuro e nos prepararmos para as inevitáveis mudanças. A maioria dos estudantes buscando formação superior hoje, talvez não cheguem a exercer as profissões para as quais estão se preparando. As relações de trabalho mudarão ainda mais drasticamente nos próximos anos. 
Assina o canal, dá um like no vídeo. Comenta, critica, sugere pauta: SBelbute

Agradeço aos apoiadores:

Softsul - 51 3346-4422 - Associação Sul-Riograndense de Apoio ao Desenvolvimento de Software

BBC Informática - 51 3212-1231 - Instalação e configuração de redes, roteadores, computadores e notebooks

SAGESC - Sistema de Administração e Gestão de uma Empresa Simples de Crédito - 51 98405-6969

Psicóloga Clínica Cris Cordal - 51 996 49 9494

CIUPOA - Centro de Inteligência Urbana de Porto Alegre - 51 99373-9158

Para anunciar, entre em contato pelo email ou Whats: belbute@gmail.com | +55 51 992 400 914